Dicas de Cordel

icone facebook icone twitter icone gplus icone whatsapp

POSSIBILIDADES PEDAGÓGICAS EM LÍNGUA PORTUGUESA ATRAVÉS DO TRABALHO SISTEMÁTICO COM A LITERATURA DE CORDEL

dicas-de-cordel

 

LINGUAGEM ORAL: A partir da apreciação de histórias contadas através dos versos de cordel, a criança é capaz de perceber a métrica e as rimas utilizadas nestes textos e diferenciá-los de outros gêneros textuais. E, ao passo em que continuam tendo contato com o cordel, elas vão assimilando a maneira melodiosa e rítmica do gênero, sendo capazes de, oralmente, improvisar algumas frases tentando empregar métrica e rima. Outra habilidade que acompanha a prática é a confiança em si mesmo ao falar, e o desenvolvimento da capacidade de expressão oral.

LEITURA E INTERPRETAÇÃO DE TEXTO: A formação de leitores também é mais uma habilidade favorecida pelo trabalho sistemático com a literatura de cordel. Por se tratar de textos curtos e com enredos bem diferenciados entre si (como cordéis sobre romances, biografias, pelejas, acontecimentos históricos, contos, entre tantos outros), o aluno é convidado a interagir com essa linguagem de maneira lúdica e prazerosa, e à medida que praticam a leitura conquistarão cada vez mais autonomia e independência ao ler.

LINGUAGEM ESCRITA: Todo o trabalho relacionado com a literatura de cordel irá influenciar na produção escrita dos alunos, aumentando as suas condições criadoras para produzir textos com enredos diferenciados, sendo estimulados a incluir a rima e a métrica já compreendidas durante todo o trabalho oral e de leitura, seja ele feito individualmente, de maneira silenciosa ou para uma plateia, ou ainda apreciando a leitura de outro colega ou de um adulto leitor.

Estes são alguns objetivos relacionados com o estudo do cordel:

• Ampliar a visão de mundo;
• Possibilitar a vivência de emoções, o exercício da imaginação;
• Possibilitar produções orais e escritas na linguagem da poesia de cordel;
• Estimular o desejo pela leitura;
• Aproximar o leitor dos textos e os tornar familiares, oferecendo condições para uma leitura fluente e para a produção de textos;
• Possibilitar ao leitor, compreender a relação que existe entre a fala e a escrita.


« Voltar