Produtos

icone facebook icone twitter icone gplus icone whatsapp

LAMPIÃO: HERÓI OU BANDIDO?


Autor: Abdias Campos
____________________

Na fazenda Ingazeira ele nasceu
Vila Bela, atual Serra Talhada
Virgulino Ferreira na estrada
Das caatingas do Sertão empreendeu
Uma marca que o cangaço conheceu
Como linha divisória do cangaço
Que com ele assumiu ares de traço
Permanente fazendo a divisão
Do período a partir de Lampião
E de antes do seu primeiro passo

Foi parido no mês de fevereiro
Dia 12 de 1900
Virgulino era mais um dos rebentos
Da família de um simples fazendeiro
Admirava a vida de vaqueiro
Inda moço amansava animal bruto
Em seu plano de vida resoluto
Artesão de arreios de cavalo
Mudou tudo assim num só estalo
Para a vida perdeu salvo-conduto

Um artista do couro que fazia
Sela, arreios, bornais, gibão, perneira
Às cidades vizinhas ia pra feira
Pra vender o que ele produzia
Tinha sempre o pai por companhia
Nessas idas também os irmãos iam
Os negócios a eles garantiam
Um retorno que dava pro sustento
Não faltava à mesa o alimento
E assim tranqüilamente eles viviam

Nesse tempo com 17 anos
Mesmo idade que entrou para o cangaço
Ocorreu de uma vez no mesmo passo
O fracasso dos seus atuais planos
José Saturnino e outros manos
Decorrente de encrencas por chocalhos
Saiu de Cachimbos por atalhos
Encontrando-os perto de Nazaré
Atirou em quem viu que estava em pé
E o tempo fechou por entre os galhos


A saga de Lampião à cega justiça e tudo mais. 
Este folheto traz a vida de Lampião. Adquira o 
cordel e conheça a história.

apenas
R$ 2,99

Frete grátis
para todo Brasil